6 de abr de 2010


FALA SÉRIO!!

Muita gente me pergunta se sou religioso e eu tenho ORGULHO de dizer que não. Não, eu não sou religioso. Como eu já disse antes eu até acredito em Deus – em uma força maior, se assim preferir – mas acha a maioria dos dogmas religiosos de uma imbecilidade sem tamanho.
Já vi todo tipo de palhaçada em nome da religião. De pais que deixaram o filho morrer pois a religião o proibia de receber transfusão de sangue até pais que mataram a filha por ela ter pecado ao beijar na face um colega de escola. Coisas que me assustam não só pela ignorância dos envolvidos mas pela crueldade dos atos. E poucos atos foram tão cruéis quanto o praticado por alguns jogadores evangélicos do Santos.

                               Criança chorando? Onde? Eu só escuto se forem da minha igreja!


“Só ficamos sabendo quando chegamos ao local que se tratava de um ambiente espírita. Cada jogador tomou a atitude que achou conveniente, e acho que a religião de cada um precisa ser respeitada. Ninguém orientou a gente para que tomássemos essa atitude. Ela foi movida pela religiosidade de cada um. Isso não tem que virar polêmica.”
Você acabou de ler a explicação de Robinho, um dos imbecis, para o motivo de junto com Fábio Costa, Durval, Léo, Marquinhos, Neymar, Ganso e André não ter entrado em uma creche para distribuir ovos de páscoa no Lar Mensageiros da Luz, que cuida de crianças, adolescentes e adultos, portadores de paralisia cerebral e outras deficiências. Segundo os imbecis jogadores trata-se de um problema religioso, ou seja, por ser uma casa sustentada por um centro espírita – segundo Roberto Brum, um lugar do “Diabo”.
Graças a Deus – eu não estou sendo irônico – alguns jogadores não tinham a mesma postura/educação/crença dos xiitas evangélicos e distribuíram cerca de 600 ovos para as crianças. Eles, os jogadores que realmente tem Deus no coração apesar de não desmaiar em culto, pedir música evangélica no Fantástico e demonizar as crenças alheias, fizeram valer a ÚNICA regra que faz sentido: ame ao próximo.
É interessante como tem gente que usa a Bíblia como escudo para seus atos mais cretinos dando justificativas idiotas. São esses mesmo idiotas que ao chifrar a esposa ou encher a cara alegam ter sido possuído pelo mal e não tem coragem de assumir a merda que fazem. São esse idiotas que usam muletas religiosas para não ter que encarar de frente suas próprias fraquezas. São eles que se acham no direito de julgar crianças amparadas por uma entidade espírita – que duvido muito tenha selecionado as crianças e demais doentes por suas religiosidade – e negar-lhes uma breve alegria… em nome de Deus?
Será que esses bundões conhecem essa passagem da Bíblia? “Quando Jesus viu isso, ficou indignado e lhes disse: “Deixem vir a mim as crianças, não as impeçam; pois o Reino de Deus pertence aos que são semelhantes a elas” (Mc 10:14 NVI).
Esse bosta desse Robinho não entra em creche mas não dispensa uma noitada numa boate com direito a escândalo sexual, né não, firmeza? Fazer uma caridade não pode mas pegar uma cadeiazinha de leve está tranquilo. Será que ele estava possuído?


by cassio (copiado e colado)

Nenhum comentário:

Quem somos nós

Minha foto
bando de profissionais desocupados porém cheio de coisas para fazer mas não sabem exatamente por onde começar!...então começam por aqui!